contato@diasemelo.adv.br

BH (31) 3568-3378 / 98478-8704

SP (12) 3901-7232 / 3322-0544

As 3 aposentadorias que pagam mais

Por:diasemelo
Tá na hora de aposentar.

11

out 2018

As 3 aposentadorias que pagam mais não são as que saem mais rápido. Existem 3 aposentadorias que pagam mais do que a aposentadoria por tempo de contribuição. A maioria das pessoas se aposenta ao completar 35 anos. Nem sempre esta é a melhor aposentadoria pra você.

As 3 aposentadorias que pagam mais

São 3 as consideradas melhores aposentadorias:

  1. Aposentadoria por idade
  2. Aposentadoria especial.
  3. Aposentadoria por pontos: regra 85/95

Leia o artigo até o final e você irá descobrir o que estas 3 aposentadorias tem em comum.

 

1 – Aposentadoria por idade.

A aposentadoria por idade é um benefício previdenciário que é devido aos segurados da Previdência Social que tiverem um tempo mínimo de contribuição (“carência”) e atingirem uma determinada.

 

Os 5 tipos de aposentadoria por idade.

Existem 4 tipos de aposentadoria por idade:

  • Aposentadoria por idade urbana
  • Aposentadoria por idade rural
  • Aposentadoria por idade híbrida
  • Aposentadoria por idade da pessoa com deficiência
  • Aposentadoria por idade compulsória

 

Aposentadoria por idade urbana.

A aposentadoria por idade urbana é devida aos trabalhadores que exerceram somente atividades urbanas.

Os requisitos são:

  • Idade mínima para homem: 65 anos
  • Idade mínima para mulher: 60 anos
  • Carência de 180 meses de contribuição (15 anos)

 

Aposentadoria por idade rural.

A aposentadoria por idade rural é devida aos trabalhadores que exercem somente atividades rurais.

Os requisitos são os mesmos da aposentadoria por idade urbana.

 

Aposentadoria por idade híbrida.

A aposentadoria por idade híbrida é devida aos trabalhadores que exerceram tanto atividades rurais quanto urbanas.

Os requisitos são os mesmos da aposentadoria por idade urbana.

 

Aposentadoria por idade da pessoa com deficiência.

A aposentadoria por idade da pessoa com deficiência é devida à pessoa com deficiência. O segurado deve comprovar a existência de deficiência em qualquer grau por, pelo menos, 15 anos.

Os requisitos são os mesmos da aposentadoria por idade urbana.

 

Aposentadoria por idade compulsória.

A aposentadoria por idade compulsória é uma exceção à regra. Via de regra, o requerimento da aposentadoria é voluntário.

No entanto, a empresa na qual o segurado trabalha pode requerer a aposentadoria do trabalhador que completar 70 anos, se homem, e 65 anos, se mulher, desde que tenha sido cumprida a carência de 180 meses.

Neste caso o trabalhador terá direito a todas as verbas trabalhistas que teria direito em uma demissão sem justa causa.

 

2 – Aposentadoria Especial

A Aposentadoria especial é devida aos trabalhadores que estiverem expostos a riscos à saúde, à integridade física ou à vida.

Esta é a aposentadoria que tem menor tempo de contribuição. Você só precisa de 15, 20 ou 25 anos trabalhados com exposição ao risco. O tempo de contribuição está ligado ao risco a que você esteve exposto.

A aposentadoria especial não depende de idade. Desde que você comprove ter trabalhado exposto a risco por 15, 20 ou 25 anos (vai depender do risco), é possível se aposentar.

Se você quiser saber mais sobre a aposentadoria especial, sugiro a leitura desse artigo.

 

3 – Aposentadoria por pontos: regra 85/95.

A aposentadoria por pontos: regra 85/95 é uma modalidade de aposentadoria por tempo de contribuição. A regra 85/95 foi trazida pelo governo em 2015, mas tem previsão de aumento progressivo.

O funcionamento da regra é simples. Os homens e mulheres precisam combinar a idade e o tempo de contribuição. No caso das mulheres, a combinação de idade + tempo de contribuição precisa dar 85 pontos. No caso dos homens, a combinação de idade + tempo de contribuição precisa dar 95 pontos.

O requisito obrigatório, porém, é ter contribuído por, no mínimo, 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher. Se você tiver tempo trabalhado com exposição a risco à saúde, à integridade física ou à vida, é possível aproveitar esse tempo, convertendo-o em comum.

Se você quiser saber mais sobre a aposentadoria por pontos: regra 85/95, sugiro a leitura desse artigo.

 

O que essas aposentadorias tem em comum?

Na aposentadoria por idade você não precisa esperar tanto. Com apenas 15 anos de contribuição, desde que observado o requisito idade, é possível se aposentar.

Na aposentadoria especial não é necessário ter idade mínima. Basta a comprovação da exposição a risco à saúde, integridade física ou à vida, por 15, 20 ou 25 anos, para que se aposente.

Na aposentadoria por pontos é possível combinar a idade e o tempo de contribuição, porém observando o requisito de contribuição mínima de 35 anos para homens, e 30 para mulheres.

Nesses 3 tipos de aposentadoria não há a incidência do fator previdenciário. É isso mesmo. O maior responsável por aposentadorias com valores baixos – o fator previdenciário – não tem vez nessas 3 aposentadorias.

Portanto, se você trabalhou por 35 anos e está aposentado por tempo de contribuição, é possível que você esteja perdendo dinheiro.

Se você ficou com dúvidas, entre em contato com a gente. Será um prazer te ajudar.

 

 

 


Compartilhe:


SP - Av. Cassiano Ricardo, 601 - Parque Res. Aquarius, São José dos Campos/SP
BH - Rua das Canárias, nº 50, Loja 03, Santa Amélia, Belo Horizonte/MG

SP (12) 3901-7232 / 3322-0544

contato@diasemelo.adv.br